A experiência da JMJ

23:11

Depois de tentar transmitir da Espanha como estava o clima na Jornada Mundial da Juventude, vou relatar abaixo, já no Recife, como foi a JMJ de uma forma geral.

A ficha de que eu iria para a JMJ só caiu quando cheguei ao aeroporto e encontrei outros jovens com uniforme da delegação oficial da CNBB. Já Espanha, fomos para a cidade de Malagón, onde vivenciamos a pré-jornada. A acolhida das pessoas foi impressionante. Criamos laços profundos nos poucos dias de convivência. Em pouco tempo, tivemos noção de como a Igreja Católica trabalha no local. A interação foi tanta que todas as vezes que nos encontrávamos com eles em Madri, durante a JMJ, a festa era certa.

Já em Madri, um dos momentos mais marcantes foi a celebração eucarística que participamos no colégio onde ficamos hospedados. De uma forma simples e concreta, jovens do Norte e Nordeste se reuniram ao redor de um altar improvisado para a Santa Missa. Na abertura da JMJ, só conseguimos acompanhar pelo telão. Mesmo assim, já tivemos noção da magnitude do evento, com jovens do mundo todo lotando vários quarteirões e acompanhando em silêncio celebração.

A chegada do Papa foi outro momento relevante. Apesar de também termos acompanhado tudo pelo telão, o Papa Bento XVI passou bem perto do nosso grupo com o papamóvel. A virgília e a missa de encerramento com certeza foram os pontos altos. Ver um aeroporto tomado de jovens do mundo todo por causa de Deus é algo inexplicável. O mais impressionante foi ver quase dois milhões de pessoas em silêncio por causa da Eucaristia.

A falta de conforto, já que dormimos na poeira, sob pedras e levamos chuva, foi recompensada com o Papa passando bem perto de nós, e por duas vezes. O anúncio do Brasil como sede para a próxima JMJ foi bastante comemorado. Será uma grande graça para o País receber o maior evento da Igreja Católica.

As catequeses com os bispos também merecem destaque. Foram momentos de formação, espiritualidade e integração que terão reflexos imediatos na vida da igreja no Brasil, já que mais de 15 mil brasileiros participaram dessas atividades.

Uma questão importante é que as lideranças das diversas expressões jovens do País agora se conhecem pelo nome. Isso vai ajudar na integração e no fortalecimento dos laços para tornar a igreja católica forte e conhecida.

Agora, é começar o serviço para organizar a JMJ Brasil 2013.

You Might Also Like

0 comentários

Popular Posts

Like us on Facebook

Flickr Images