Igreja incentiva uso da internet

11:34


Do Jornal do Commercio

A Igreja Católica vai estimular o uso da internet para a divulgação da palavra de Deus. Foi o que sinalizou o papa Bento 16 em sua mensagem para o 45º Dia Mundial das Comunicações, comemorado ontem. Após a missa em ação de graças pela data, na Sé, em Olinda, Região Metropolitana, o arcebispo de Olinda e Recife, dom Fernando Saburido, comentou a carta do pontífice que abordou a difusão de informações pelas redes sociais. Dom Fernando também anunciou a criação das comissões de pastoral para juventude e para educação e cultura, que pretendem aproximar da Igreja os jovens e os estudantes.

A mensagem Verdade, anúncio e autenticidade de vida na era digital, do papa Bento 16, destacou o uso das redes sociais para a evangelização. “Com esse modo de difundir informações e conhecimentos, está a nascer uma nova maneira de aprender e pensar, com oportunidades inéditas de estabelecer relações e de construir comunhão”, escreveu o papa. “Essa foi a primeira vez que um líder da Igreja Católica classificou esses novos meios de comunicação como importantes para a divulgação da palavra de Deus”, comentou dom Fernando. No texto, também foram apontados os aspectos negativos da comunicação em massa, como a parcialidade e o fato de que, às vezes, o contato virtual substitui o contato direto com as pessoas.

Durante a entrevista coletiva, dom Fernando também apresentou os presidentes das novas comissões da arquidiocese de Olinda e Recife, propostas na 49ª Assembleia Geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), realizada no mês de maio, em Aparecida do Norte, São Paulo. Frei Rinaldo Pereira coordenará a comissão de pastoral para educação e cultura, que foi desmembrada da comissão de comunicação. “Nossa expectativa é abrir novos canais de diálogos, principalmente com escolas e universidades.”

Já a comissão para a juventude será presidida pelo padre Gimesson Eduardo, que realiza trabalhos voltados para os jovens desde 2009. “Vamos potencializar as ações que já executamos, além de elaborar novos projetos com mais organização e estrutura.” Segundo o religioso, será dada uma atenção especial para a realidade da violência urbana. “A maioria das vítimas de violência é composta por jovens e a Igreja não pode ficar calada diante disso.”

You Might Also Like

0 comentários

Popular Posts

Like us on Facebook

Flickr Images